Pr. Irland Azevedo apresenta o materialismo como um dos grandes desafios da vida contemporânea

04/05/2012 at 19:40 1 comentário

No dia 22 de abril, domingo, no culto das 11h, o Pr. Irland Pereira de Azevedo, da Primeira Igreja Batista de São Paulo, falou dos principais desafios da vida contemporânea. Entre os itens apresentados, estava o desafio do materialismo, um contra-ponto a uma das premissas do trabalho realizado pelo Ecoliber, que é o de estimular o uso responsável e consciente dos recursos que Deus nos oferece.

O Pastor, em primeiro lugar, explicou que o materialismo não consiste em apenas aceitar a realidade do mundo material. Segundo ele, os cristãos evangélicos a aceitam e tem consciência de que a matéria não é essencialmente má. “A matéria é criação de Deus e somos responsáveis por sua administração e uso. Esta é uma das primeiras ordenanças de Deus. O homem deveria utilizá-la, lavrá-la e guardá-la”, ressalta.

Por meio dos noticiários e das diversas situações enfrentadas no meio ambiente, podemos perceber que esta primeira orientação já não está sendo cumprida. Porém, o que é ressaltado neste contexto é a preocupação desmedida pelas coisas e os bens materiais, o que pode ‘abafar’, segundo Pr. Irland, a vida espiritual dos cristãos. “Há muitos crentes, gente que se diz discípulo de Jesus, vivendo o materialismo prático. Não o materialismo teório, que um e outro rejeita, mas o materialismo real”.

Ele exemplifica e cita o hábito que a maioria das pessoas tem de acumular coisas, como roupas, calçados, objetos, carros etc, e que geralmente nem são usadas. Segundo o Pastor, hábitos como esses demonstram que essas pessoas vivem de acordo com os valores do mundo, como se a vida consistisse na abundância de coisas que possuem.

Jesus foi claro aos seus apóstolos e o é conosco também quando disse: “Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça e todas essas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33). “Nossa vida não se identifica com coisas”, frisa Pastor Irland. “Essas coisas que vocês tanto se apegam e que são tidas como principais, até por certas teologias, como sinais de bençãos de Deus, são secundárias”, acrescenta.

A gente se compromete com aquilo que temos de mais valioso. Por isso, Jesus chamou a atenção para a relação entre o nosso tesouro e o nosso coração. Confiram em Mateus 6, 19-21:  “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam; porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração”.

Precisamos adotar um estilo de vida mais simples, é a orientação do Pastor Irland. “Todos nós precisamos de menos coisas. Temos roupas demais, calçados demais, coisas demais e há milhares de pessoas esperando a sua generosidade e que fará bom uso da sua doação”, sugere como uma boa iniciativa para destinar o supérfluo que acumulamos.

E ele ainda acrescenta: “A gente não se dá conta de como acumulamos coisas desnecessárias. Vamos simplificar mais a vida. Precisamos fazer isso!” A vantagem de adotar este novo hábito é perceber a mudança profunda na escala de valores e, ainda mais importante, ajustar o nosso  comportamento às orientações de Deus. Esta é, sem dúvida, uma atitude própria de um verdadeiro discípulo ou discípula.

O Pastor finaliza animado: “Irmãos, quando temos nosso coração em Deus, quando nosso tesouro é o Senhor, nós somos mais felizes. Ainda que você viva numa situação mais privilegiada financeiramente ou em plano socioeconômico muito elevado, acostume-se com a simplicidade. Se recebeu mais, dê graças ao Senhor, mas use seus recursos para a glória de Deus. Se você tem menos, dê graças a Deus também porque você tem o que comer, como se vestir, como se cuidar. Se você recebe um salário mínimo, estude, faça cursos, contribua com a empresa, e você vai melhorar e passará a dois, a três ou muito mais. Temos que desenvolver ao máximo a capacidade que Deus nos Deus, mas sejamos simples, humildes, responsáveis e generosos”.

Dica de leitura: “Celebração da Simplicidade”, obra de Richard Foster (Editora United Press).

Assista a esse e a outros cultos pelo site da Liber.

Acesse:  http://www.libernet.org.br/tv/

Anúncios

Entry filed under: Uncategorized.

Vestir a camisa é defender uma causa. Qual é a sua? Ecoliber realiza almoço com temática ambiental

1 Comentário Add your own

  • 1. Silvana  |  04/05/2012 às 22:46

    Extremamente satisfeita com a publicação sobre o Pr Irland da nossa comunicadora do Ecoliber – Raquel Côrrea. É este o caminho. Amém meu Deus!!!

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Contato

Calendário

Maio 2012
T Q Q S S D S
« Abr   Jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Videos

. . .

%d bloggers like this: