Jornal da Convenção Batista Brasileira Publica Ações do Ecoliber

Ecoliber      
Escrito por Silvana Grandi da IB da Liberdade – SP   
Seg, 02 de Julho de 2012 11:08

Desde o ano dealt 2008, o pastor Eli Fernandes vislumbrou a necessidade da existência de um ministério que representasse uma preocupação constante com pessoas em situação de vulnerabilidade e com o meio ambiente.

Criou-se então desta forma o Ecoliber, nosso ministério de Sustentabilidade Socioambiental que está atuante e com o grande propósito de promover ações e projetos simultâneos dentro e fora de nossa Igreja com o objetivo de formar e multiplicar agentes socioambientais cristãos.

Começamos realizando vários trabalhos de conscientização interna como: gestão de resíduos, pontos de coleta de pilhas e baterias e também um ponto de coleta de óleo de cozinha usado, onde com a mesma matéria prima (óleo) é produzido o sabão ecológico. Atualmente estamos conscientizando os membros a consumirem produtos ecológicos e nosso primeiro produto a ser utilizado na Liber são as camisetas feitas de garrafa pet.

Camisetas são muito utilizadas devido à várias demandas dos ministérios da Igreja e entendemos que seria a primeira ação de consumo consciente a realizar. Já temos pelo menos 100 pessoas de nossa Igreja utilizando nossas camisetas, onde 70% são nossas crianças graças a visão socioambienteal da nossa líder do ministério Liber Junior.

Ações socioambientais dentro das igrejas são efetivas quando é dado o primeiro passo; de nada resolve ter várias intenções se não colocarmos em práticas, que sejam pequenas as ações, mas que sejam efetivas. Entendemos que para provocar mudanças, precisamos que primeiramente haja transformação em cada cidadão. Portanto, nossa missão maior é promover atitudes cristãs de práticas sustentáveis simultâneos aos outros ministérios que trabalham o evangelismo.

Jesus é o nosso alvo e o nosso principal agente transformador pelas quais   as mudanças que queremos promover no mundo e nas pessoas, só serão efetivas através da experiência do encontro com Ele. Nosso alvo é trabalhar ações socioambientais no entorno da Liber e em todo centro de São Paulo. E graças a este movimento lindo da criação das Igrejas Ecocidadãs estamos conseguindo formar parcerias sólidas que já estão envolvidos em várias práticas como: cuidar de nossos irmãos em situação de vulnerabilidade, plantação de árvores, gestão de resíduos sólidos e muitas outras ações que estão sendo articuladas por várias organizações cristãs.

Desde sua fundação em 1909, a Igreja Batista da Liberdade sempre esteve preocupada com as questões sociais, se manteve firme em seus propósitos e atualmente quer estar unida com outras organizações cristãs da região para que haja uma mudança estrutural no centro da cidade de São Paulo.

Nenhuma ação seria realmente possível se não fosse a visão holística que o nosso pastor Eli Fernandes possui. Acredito que todos os líderes de organizações cristãs devam ter um ministério socioambiental para que as ações a serem tomadas tenham a preocupação em serem exemplos de mordomia.

Há muito trabalho a realizar, mas com o senso de servidão, amor a Deus, ao próximo e à Criação, e, se cada um tomar para si próprio esta responsabilidade, acredito que através do exemplo formaremos muitos cristãos que farão diferença para Deus e o planeta. Oremos.

Anúncios

11/09/2012 at 02:34 Deixe um comentário

Ecoliber e Melhor Idade Juntos Construindo um Mundo Melhor

Em agosto de 2012 o Ecoliber e Melhor Idade com a líder Agnes Carvalho, estiveram juntos com ações construtivas e motivadoras. Nosso querido apoiador do Ecoliber  Anísio Rodrigues Leite  deu  início ao  evento comentando sobre a importância   do cuidado que devemos ter com a       Criação.

O quarteto Seresteiras, também fizeram várias apresentações com músicas que nos falam também sobre o cuidado com a Criação.

Foi apresentado também um vídeo sobre o que é Sustentabilidade de forma objetiva e simples e um outro sobre motivação a qual foi deixado uma mensagem de que não existe idade para fazer a diferença na vida das pessoas    e  do planeta. Em seguida, o Ecoliber ofereceu uma oficina de jardinagem que através da Rose, esposa do Pastor Abel que já executam vários trabalhos de sustentabilidade no centro de São Paulo, ensinou como plantar em pequenos espaços plantas decorativas e temperos.

Foi maravilhoso sentir os resultados deste evento onde  vários  participantes entraram em contato com o Ecoliber informando que já estão desenvolvendo uma ocupação através do que aprenderam. Que gere renda ou  não, conforme suas necessidades, mas que possam edificar suas vidas e serem exemplos para  outros cidadãos.

Já estamos no planejamento de outras ações! Se você quiser participar com ideias   ou de oficinas  relacionadas a ações de  sustentabilidade deixe seu comentário em nosso blog.

Precisamos de você conosco!

Este slideshow necessita de JavaScript.

10/09/2012 at 22:36 Deixe um comentário

Ecoliber na RIO+20 com as Igrejas Ecocidadãs

O maior encontro mundial sobre desenvolvimento sustentável contou com a participação de um grupo de cristãos evangélicos dispostos a trabalhar para reduzir a pobreza, promover a justiça social e a proteção do meio ambiente. Formado desde o início do ano, o grupo estruturou o movimento “Igrejas Ecocidadãs”, uma iniciativa de várias organizações, entre elas a Tearfund BrasilA Rocha Brasil, que tinha como objetivo envolver a igreja evangélica na Rio+20. Entretanto, vale ressaltar que a missão principal do movimento é informar e envolver as igrejas nas discussões socioambientais.

A Igreja Batista da Liberdade, por meio do seu Ministério de Sustentabilidade Socioambiental (Ecoliber) vem participando das ações do movimento deste o início do processo. A atual líder do Ministério, Silvana Grandi, tem um grande potencial articulador e se mostra altamente comprometida com os planos e as ações da iniciativa. “O Ecoliber tem participado de praticamente todas as ações do movimento Igrejas Ecocidadãs. Em alguns momentos podemos auxiliar compartilhando nossa visão e experiência, em outros aprendemos, e muito, por meio da ação e do conhecimento de outras igrejas e organizações”, comenta.

Para acompanhar de perto as discussões da Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20) e participar das ações e eventos evangélicos organizados especialmente para a ocasião, Silvana Grandi viajou  para o Rio de Janeiro este mês. “Creio que o Ecoliber tem um papel fundamental na conscientização e no despertar de novos hábitos e atitudes entre os cristãos. Estamos buscando formas de envolver as pessoas e disseminar os valores socioambientais”, relata.

Envolvida na maioria das ações organizadas durante a Conferência, a líder conheceu outros atores cristãos, personalidades, representantes de organizações e diversos trabalhos que já estão sendo desenvolvidos. Ela faz uma avaliação muito positiva da atuação das igrejas e do movimento na Rio+20 e nos conta que o trabalho ainda vai continuar e cada vez mais intenso. “Há muita coisa a ser feita. Sinto que este é o meu chamado: como cristã zelar pela Criação de Deus a fim de que todos, sobretudo as próximas gerações, possam usufruir de todo o bem da natureza”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Resultados da Rio+20

Apesar das inúmeras contribuições, o documento final da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável foi considerado por cientistas, analistas e movimentos socioambientais. O texto não trouxe previsão de recursos ou financiamento para fazer as mudanças necessárias para um desenvolvimento sustentável nem apresenta metas concretas. No entanto, a ministra brasileira do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, declarou que o trabalho prático em cima do documento aprovado começará imediatamente. “Temos sim métodos e prazos a serem cumpridos até completarmos o processo, que serão consolidados em 2014 ou 2015″, disse ela.

Quem quiser conferir o documento final completo, intitulado “The Future We Want” (O futuro que queremos), acesse a página oficial da Conferência. Ele está disposnível para download  em Inglês, Espanhol, Francês, Chinês e Árabe.

http://www.uncsd2012.org/thefuturewewant.html

26/06/2012 at 21:39 Deixe um comentário

Comitê Paulista das Igrejas Eco-cidadãs pretende colaborar com a Virada Sustentável 2012

Neste final de semana, dias 2 e 3 de junho, acontece na capital paulista a segunda edição de um dos maiores eventos de conscientização ambiental do país – a “Virada Sustentável”. A iniciativa reúne diversas atrações culturais e recreativas que tenham como conteúdo principal os temas ligados à sustentabilidade: meio ambiente, diversidade, consumo consciente, biodiversidade, clima, energia, mobilidade e direitos humanos.

O Comitê Paulista das Igrejas Eco-cidadãs se reuniu para encontrar e discutir formas de colaborar com o evento. A intenção é apoiar o trabalho de conscientização ambiental e cidadania no Centro de São Paulo durante todo o sábado (2). A reunião aconteceu na Igreja Batista da Liberdade e contou com a participação ativa da líder do ministério Silvana Grandi e as colaboradoras Nany Melo e Raquel Corrêa.

Representantes de outras igrejas evangélicas da região do Centro também participaram e contribuíram com várias ideias. O Pastor Daniel Checchio, da Comunidade Evangélica do Bixiga e integrante da Rede Social do Centro de São Paulo, é um dos protagonistas desta parceria. “Como cristãos, acreditamos na orientação da Bíblia que apresenta o zelo pela Terra como uma das primeiras ordenanças de Deus. Não podemos ficar parados diante de um contexto tão negativo”, ressalta o pastor.

Por este motivo, ficou decidido que voluntários das igrejas eco-cidadãs, localizadas no centro da cidade, participarão do “Mutirão da Cidadania” durante a Virada Sustentável 2012. A ação acontecerá na Praça Princesa Isabel, neste sábado (2), de 10h às 16h. Organizado pela Rede Social do Centro, a ação contará com uma série de oficinas, atividades, músicas, teatro, exames de saúde, aconselhamento jurídico e obtenção de carteira de identidade e CPF.

Participe, convide os amigos e leve a família!

31/05/2012 at 18:57 Deixe um comentário

Ecoliber realiza almoço com temática ambiental

Estimular a comunhão entre os membros da igreja, amigos e diversos convidados a fim de mostrar que fazemos parte de um mesmo ”Corpo” e habitamos a “mesma morada” foi a principal motivação da líder do Ministério de Sustentabilidade Socioambiental, Silvana Grandi.

O almoço temático aconteceu no Salão Erodice da Igreja Batista da Liberdade, no último domingo, 27 de maio, especialmente no Dia da Mata Atlântica. A comida, a decoração e os brindes foram especialmente preparados por integrantes e parceiros do Ecoliber.

Cozinha e arrumação: Marcos, Frida, Rosa, Eliana, Luiz, Nanny, Marlene, Vanderly, João Hélio, Lizete, Tainara, Odailton, Carlos Lukos / Música: com os adolescentes Davi, Gustavo, Lucas, Mateus, Giovanni e Milena /  Comunicação: Gustavo e Raquel / Poesia: Lolinha Palestra: Justino Teatro: Roberto

A líder do Ministério faz questão de agradecer a todos, mesmo aqueles que não foram citados e comemora o momento de união. “Este almoço não foi apenas um evento, mas também um momento de comunhão ímpar porque, mesmo com nossas diferenças, entendemos que tudo o que fizemos foi para o nosso Paizão. É por isso que quero agradecer a todos, senti de verdade entre nós um momento família, onde o amor, a compreensão e o respeito estiveram presentes entre nós.”

Este slideshow necessita de JavaScript.

31/05/2012 at 15:47 Deixe um comentário

Pr. Irland Azevedo apresenta o materialismo como um dos grandes desafios da vida contemporânea

No dia 22 de abril, domingo, no culto das 11h, o Pr. Irland Pereira de Azevedo, da Primeira Igreja Batista de São Paulo, falou dos principais desafios da vida contemporânea. Entre os itens apresentados, estava o desafio do materialismo, um contra-ponto a uma das premissas do trabalho realizado pelo Ecoliber, que é o de estimular o uso responsável e consciente dos recursos que Deus nos oferece.

O Pastor, em primeiro lugar, explicou que o materialismo não consiste em apenas aceitar a realidade do mundo material. Segundo ele, os cristãos evangélicos a aceitam e tem consciência de que a matéria não é essencialmente má. “A matéria é criação de Deus e somos responsáveis por sua administração e uso. Esta é uma das primeiras ordenanças de Deus. O homem deveria utilizá-la, lavrá-la e guardá-la”, ressalta.

Por meio dos noticiários e das diversas situações enfrentadas no meio ambiente, podemos perceber que esta primeira orientação já não está sendo cumprida. Porém, o que é ressaltado neste contexto é a preocupação desmedida pelas coisas e os bens materiais, o que pode ‘abafar’, segundo Pr. Irland, a vida espiritual dos cristãos. “Há muitos crentes, gente que se diz discípulo de Jesus, vivendo o materialismo prático. Não o materialismo teório, que um e outro rejeita, mas o materialismo real”.

Ele exemplifica e cita o hábito que a maioria das pessoas tem de acumular coisas, como roupas, calçados, objetos, carros etc, e que geralmente nem são usadas. Segundo o Pastor, hábitos como esses demonstram que essas pessoas vivem de acordo com os valores do mundo, como se a vida consistisse na abundância de coisas que possuem.

Jesus foi claro aos seus apóstolos e o é conosco também quando disse: “Buscai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça e todas essas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6:33). “Nossa vida não se identifica com coisas”, frisa Pastor Irland. “Essas coisas que vocês tanto se apegam e que são tidas como principais, até por certas teologias, como sinais de bençãos de Deus, são secundárias”, acrescenta.

A gente se compromete com aquilo que temos de mais valioso. Por isso, Jesus chamou a atenção para a relação entre o nosso tesouro e o nosso coração. Confiram em Mateus 6, 19-21:  “Não acumuleis para vós outros tesouros sobre a terra, onde a traça e a ferrugem corroem e onde ladrões escavam e roubam; mas ajuntai para vós outros tesouros no céu, onde traça nem ferrugem corrói, e onde ladrões não escavam, nem roubam; porque, onde está o teu tesouro, aí estará também o teu coração”.

Precisamos adotar um estilo de vida mais simples, é a orientação do Pastor Irland. “Todos nós precisamos de menos coisas. Temos roupas demais, calçados demais, coisas demais e há milhares de pessoas esperando a sua generosidade e que fará bom uso da sua doação”, sugere como uma boa iniciativa para destinar o supérfluo que acumulamos.

E ele ainda acrescenta: “A gente não se dá conta de como acumulamos coisas desnecessárias. Vamos simplificar mais a vida. Precisamos fazer isso!” A vantagem de adotar este novo hábito é perceber a mudança profunda na escala de valores e, ainda mais importante, ajustar o nosso  comportamento às orientações de Deus. Esta é, sem dúvida, uma atitude própria de um verdadeiro discípulo ou discípula.

O Pastor finaliza animado: “Irmãos, quando temos nosso coração em Deus, quando nosso tesouro é o Senhor, nós somos mais felizes. Ainda que você viva numa situação mais privilegiada financeiramente ou em plano socioeconômico muito elevado, acostume-se com a simplicidade. Se recebeu mais, dê graças ao Senhor, mas use seus recursos para a glória de Deus. Se você tem menos, dê graças a Deus também porque você tem o que comer, como se vestir, como se cuidar. Se você recebe um salário mínimo, estude, faça cursos, contribua com a empresa, e você vai melhorar e passará a dois, a três ou muito mais. Temos que desenvolver ao máximo a capacidade que Deus nos Deus, mas sejamos simples, humildes, responsáveis e generosos”.

Dica de leitura: “Celebração da Simplicidade”, obra de Richard Foster (Editora United Press).

Assista a esse e a outros cultos pelo site da Liber.

Acesse:  http://www.libernet.org.br/tv/

04/05/2012 at 19:40 1 comentário

Vestir a camisa é defender uma causa. Qual é a sua?

Para colocar uma causa estampada no peito é preciso coragem e convicção. Mas quem toma esta iniciativa assume uma postura e começa a influenciar o seu meio.

Como forma de despertar a consciência ambiental e estimular os cristãos a seguir uma das primeiras ordenanças de Deus – “cuidar do Jardim”, o Ecoliber confeccionou uma série de camisetas ecológicas e colocaram à disposição dos membros da igreja e comunidade.

Cada uma custa R$ 30,00 (trinta reais) e é feita com fio de garrafa PET. Conforme a instrução do fornecedor, com apenas duas garrafas PET é possível produzir uma camiseta. Portanto, esta estratégica também é uma forma de contribuir diretamente para uma das principais premissas ambientais: reciclar.

Escolha a sua e estimula uma nova atitude. Sua contribuição será utilizada para realização de novos projetos socioambientais do ministério. Todos os domingos após o culto, no hall da Liber.

Este slideshow necessita de JavaScript.

26/04/2012 at 23:49 Deixe um comentário

Artigos Mais Antigos


Contato

Calendário

Outubro 2017
T Q Q S S D S
« Set    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Videos

. . .